Total de visualizações de página

Seguidores

sábado, 13 de agosto de 2011

MEDITANDO COM OS CRISTAIS





MEDITANDO COM OS CRISTAIS



Dentre as inúmeras práticas com os cristais, a mais propagada é a meditação. 
Desde promover um rápido relaxamento, até nos colocar em estados mais profundos de transcendência, a meditação com os cristais pode alinhar e energizar nossos chakras, ampliar nosso campo magnético e acelerar os processos de assimilação e compreensão da vida, levando-nos a uma maravilhosa viagem de crescimento, descobertas e integração com a natureza.
Os cristais são poderosos instrumentos para obtenção da harmonia, pois através de sua precisa estrutura molecular exprimem a perfeição cósmica, afetando direta ou indiretamente todos os que se colocam em sua presença.


Meditar com os cristais é simples e deve ser algo muito natural. 
Todo trabalho com cristais leva em conta a intuição em primeiro lugar, já que ao lidarmos com estes fantásticos cérebros da natureza saberemos exatamente o que deve ser feito se estivermos receptivos.
 Por isso, a técnica de meditação deve ser aquela que mais nos agrada e que nos traga um maior bem estar.
A finalidade de toda meditação é nos alinhar com o divino, proporcionando um canal aberto para o nosso Eu Superior. 
Quando conseguimos um estado de harmonia e silêncio interior, nossa luz se irradia com mais facilidade e a energia flui sem obstáculos. 
Neste estado podemos nos integrar com o Todo e dissolver a visão do tempo, percebendo o passado, o presente e o futuro como uma única manifestação. 
Assim, durante as meditações é comum surgirem visões do futuro ou insights esclarecedores de problemas do passado. 
A prática constante da meditação com os cristais faz com que este estado de harmonia e integração não durem apenas aqueles instantes, e nos ajuda a manter esta consciência alerta ao longo de nosso dia a dia.
Existem algumas práticas excelentes de meditação com os cristais que podemos adotar para uma maior integração e troca com eles. 
Uma das mais conhecidas é a meditação dos chakras, onde colocamos em cada chakra uma pedra com as cores a eles relacionadas. 
Esta prática é de extrema importância em estados de tensão e bloqueios energéticos que se manifestam através de desequilíbrios emocionais, com conseqüências físicas na maioria das vezes. Nesta meditação, o ideal é permanecer deitado com a pedras colocadas na altura dos chakras, durante aproximadamente quinze a vinte minutos, embora a questão do tempo na meditação seja relativa e jamais deva ser um motivo de preocupação ( não devemos nos esquecer que os cristais aceleram e potencializam todo o processo, e às vezes alguns segundos bastam para certas atuações).
Há outro tipo de meditação, ideal para pessoas que estão com dificuldades de sonhar, de ouvir sua voz interior ou intuição, quando se sentem sem memória, com fadiga mental, ou mesmo quando estão enxergando as coisas de forma rígida e preconceituosa. 
Basta pegar uma pedra transparente (de preferência o quartzo branco), já que as pedras transparentes nos ensinam a olhar além, a expandir nossa visão quando esta se encontra limitada. Num ambiente tranqüilo devemos deixar a iluminação fraca a ponto de enxergarmos somente a pedra (uma ótima opção é a colocação de uma luz azul perto do cristal). 
Com a mente desligada do ambiente externo, focalizamos nosso olhar e atenção no interior do cristal, procurando viajar pelas galáxias, seres, imagens que habitam seu interior. 
Deixe sua mente voar, desprenda-se da realidade física, mergulhe no interior da pedra, torne-se um com ela. 
Algo extraordinário se manifestará. Este exercício é excelente para desenvolver o terceiro olho, a intuição e a vidência.
Outra incrível meditação, esta com a finalidade de limpeza do corpo astral ou mesmo de ambientes, é a feita com pedras opacas e brilhantes, de preferência as piritas, aquelas lindas pedras douradas, confundidas com o ouro. 
Pegue algumas piritas (quanto mais melhor) e coloque-as no chão em forma de círculo. 
Sente-se dentro deste círculo, e com uma escovinha pegue cada pirita e limpe-a, friccionando-a. Uma transformação fantástica será observada na pedra: facetas ainda não vistas se manifestarão e o brilho assumirá tal intensidade que chegará a provocar um estado de transcendência. 
Enquanto esfregamos as piritas, podemos apenas contemplar a beleza que se descortina à nossa frente ou até mesmo mentalizar nossa aura, vida, casa etc. sendo purificados e tornando-se mais brilhantes e radiantes.
Cada pedra que está ao nosso lado tem uma missão e guarda em si grandes histórias e mensagens, verdadeiros arquivos vivos, à espera de um contato para transmitirem sua sabedoria. 
Seja qual for a prática escolhida, lembre-se que os cristais são amigos que viveram milhares de anos para estar neste momento com você. 
Não perca esta chance !






Métodos de Energização
Depois de limpar os cristais, é aconselhável energizá-los, ou seja, "carregar as baterias". 


Os métodos mais conhecidos são:
Sol: Deixe seu cristal, após ter sido lavado e limpo, diretamente na luz do Sol, de preferência na parte da manhã, até o meio-dia.


Lua: Se quiser energizar seu cristal com energia mais feminina, mais intuitiva, coloque-o diretamente exposto à luz do luar (Lua crescente ou cheia, de preferência).


Sol/Lua: Coloque seu cristal exposto à luz do luar, durante toda a noite, e depois à luz do Sol, até o meio-dia. É um tipo de energização bastante forte.


Terra: Como os cristais provêm da Terra, também se energizam em contato com a energia que vem do centro do planeta. Para isto, basta colocá-lo sobre o chão por um período mínimo de três horas. Não é necessário enterrar os cristais, basta deixá-los em contato com o solo.


Tempestade: Outra forma poderosa de energizar seu cristal é esperar a formação de uma tempestade, com bastante vento, chuva, raios e trovões, e colocá-lo exposto a essa energia.


Energização com as mãos: Coloque o cristal entre suas mãos e gire-o até esquentar, mentalizando passagem de energia de suas mãos para o cristal. 
Utilize também o método da respiração para recarregá-lo, inspirando luz branca e expirando esta luz carregada de força dentro do cristal.


Drusa: Da mesma forma que limpa, a drusa também pode reenergizar seu cristal. Apenas coloque-o sobre uma drusa por um tempo mínimo de três horas.
DRUSA DE  AMETISTA

Selenita: Durante o processo de limpeza pela Selenita, os cristais e pedras já estarão sendo automaticamente energizados.


INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS CRISTAIS


Generalidades
Os cristais (e as pedras preciosas) são a manifestação mais pura da energia e da luz no plano físico. Os átomos que os compõem estão em perfeita harmonia, e permitem assim a manifestação da luz em forma sólida. 
Fisicamente já está provado e comprovado que os cristais são os melhores condutores e amplificadores de energia, sendo utilizados na composição de fibra ótica, chips de computadores, fabricação de relógios (Rubi, Quartzo), etc. 
Da mesma forma, como são condutores, receptores, amplificadores ou geradores de energia, são utilizados metafìsicamente para curas, meditações, energização de ambientes e pessoas, ou de qualquer outro ser vivo. 
Os cristais têm vida, são parte de um todo maior formado de energia pura. 
Tudo o que é energia é vida e tem vida. Esses seres tão especiais podem tornar-se amigos imprescindíveis, ajudando no crescimento espiritual e no autoconhecimento, e principalmente ensinando inúmeras formas de utilizar positivamente sua energia em conjunto com a nossa.
Devemos aprender a nos relacionar com eles da melhor forma possível, e assim estaremos ao mesmo tempo melhorando o relacionamento com nosso Eu Superior, nossos semelhantes, com o planeta, o Universo e com a força maior que é Deus/Deusa/Tudo O Que Existe. 
É de extrema importância que o coração e a intuição estejam sempre presentes, e milhares de descobertas individuais se oferecerão, a partir do convívio e do relacionamento com esses seres maravilhosos. 
A simples contemplação de um Cristal de Quartzo ou de uma pedra preciosa ou semipreciosa já nos transmite energia e nos leva a outras dimensões e à percepção de realidades paralelas, através da luz, da pureza e da beleza. 
 Com a ajuda dos cristais, penetramos com mais clareza em nosso mundo interior. 
O único segredo para o funcionamento perfeito da interacão da energia de um cristal com a nossa própria é a intenção clara.
É preciso saber que o cristal por si só não pode processar nenhum tipo de cura. 
A interação de energias é absolutamente necessária. 
Existem vários tipos de cristais e pedras preciosas, e cada um tem sua energia particular. 
Para fazer uma comparação prática e fácil, o Cristal de Quartzo seria como um clínico geral, aquele médico da família, que sabe de tudo um pouco, e é também conselheiro, psicólogo, amigo, etc. Já as pedras coloridas são as especialistas, cada qual dominando sua área de energia e de cura, com energias mais específicas. 
Por isso mesmo, é aconselhável que a primeira pedra a ser adquirida seja um cristal de quartzo simples, de terminação única. A partir do relacionamento com este primeiro cristal, vamos pouco a pouco aumentando nossa coleção e começando a interagir com as diferentes energias das diferentes pedras.
O primeiro passo é a escolha de nosso primeiro cristal. 
Às vezes ele nos é presenteado, às vezes o encontramos por acaso, às vezes o adquirimos. 
 Neste último caso é aconselhável sentir e olhar para vários cristais, e escolher exatamente aquele que nos atrair, que chamar nossa atenção. 
É comum dizer-se que não escolhemos um cristal, é ele que nos escolhe. 
O importante é trazê-lo para casa e a partir do primeiro momento estabelecer um relacionamento. De posse do cristal, procede-se à sua limpeza e energização.


APLICAÇÃO E  USO DOS CRISTAIS
Os cristais são usados basicamente para amplificar e equilibrar as energias da pessoa que os está utilizando. A forma mais prática para despertar as energias dos cristais é colocar na mente uma intenção clara e simples, enquanto os segura ou olha para eles. 
Com isto em mente, os diversos cristais e pedras podem ser utilizados para cura (física, emocional, mental, espiritual), proteção, equilíbrio, expansão, manifestação e meditação. Em alguns casos, podem ser colocados sobre partes específicas do corpo, principalmente sobre os chakras (ver tópico 2.1 para maiores detalhes).


Os principais usos dos cristais são:


Cristal Pessoal: Selecione um cristal de terminação única (ponta) para ser seu cristal pessoal, aquele que você carrega consigo todo o tempo, usa em meditações, coloca à noite sobre sua mesa de cabeceira ou embaixo do travesseiro e que seria como o seu amigo mais íntimo e confidente. Para carregá-lo use um saquinho de couro, algodão, seda ou veludo. 


Cristais para Cura e Remédios: Selecione alguns cristais especificamente para este fim. 
Não use o seu cristal pessoal em outras pessoas, pois ele estará carregado com sua própria energia. 
Use os cristais de cura para equilibrar os chakras de uma outra pessoa, para aliviar dores ou energizar. 
Para isto, visualize luz branca e direcione a ponta do cristal para as partes do corpo da pessoa nas quais deseja trabalhar.
 Pode-se ainda fazer remédios (elixires) com os cristais e pedras preciosas, energizando a água com eles, colocando-os em vidros com óleos de massagem, cremes hidratantes, colírios, etc. 
Para energizar a água com cristais, proceda da seguinte maneira:


1. Limpe e energize a pedra a ser usada, de preferência pelo método da Selenita.


2. Lave bem, em água corrente, um recipiente de vidro incolor, liso e transparente, e coloque dentro dele água pura, de preferência destilada, ou água de fonte (pode-se usar água mineral sem gás engarrafada).


3. Coloque a pedra devidamente limpa e energizada no recipiente com água e deixe no sol para energizar durante um período mínimo de três horas, pela manhã. Proteja o recipiente com uma gaze para evitar a entrada de impurezas ou insetos.


4. Terminada a energização, tampe o recipiente com um pires e deixe-o sempre na temperatura ambiente (não coloque na geladeira).


5. Tome a água energizada, em pequenas doses, três a quatro vezes por dia.


6. Durante a preparação da água energizada, não esqueça de se envolver com luz branca e projetar essa mesma energia no recipiente com água, mentalizando sua força, a intenção clara e a ajuda de seus protetores e dos elementais responsáveis pela pedra.


7. Não energize a água com pedras e cristais de diferentes tipos. Separe um recipiente para cada tipo diferente de pedra.


Energização de Ambientes: Para purificação constante e energização de ambientes de trabalho, repouso, refeições, etc, o ideal é usar uma drusa de Cristal de Quartzo, num tamanho proporcional ao número de pessoas que frequentam o ambiente (para um consultório pequeno por onde passem inúmeros clientes por dia, usar uma drusa grande; para um quarto de dormir bem grande frequentado por uma ou duas pessoas, basta uma pequenina drusa). 
Outro procedimento ideal para purificação e energização de ambientes é fazer aquários com várias pedras de cores diferentes, que também servem como elemento decorativo. 
Neste caso, quando sentir que a água está grossa, mais escura ou carregada, troque-a e lave as pedras em água corrente, recolocando-as no aquário com a água nova. 
Use sua intuição para combinar as cores, mas é essencial que sempre haja um quartzo branco, que servirá como catalisador.


Uso com Plantas ou Animais: Para energizar plantas, coloque um cristal no vaso, enterrado junto à raiz da planta. Para animais domésticos, coloque um cristal onde o animal costuma dormir. 
NÃO USE ESSES CRISTAIS PARA OUTROS FINS.


Banhos: Quando tomar banho de imersão ou hidromassagem, coloque diversos cristais ou diferentes tipos de pedras na água. Isso terá efeitos magníficos. 


Jóias, Amuletos, Presentes Amorosos: Os cristais gostam de ambientes limpos, iluminados e apreciam a presença de flores e incenso. 
A música suave reforça seu trabalho e sua energia. 
Se sentir necessidade, você pode preparar uma espécie de altar para seu cristal preferido, com flores, copos de água, velas, incenso e imagens de elementais (duendes, fadas, nereidas, gnomos, etc). 


Meditações, Orações e Interiorizações: Os cristais são excelentes auxiliares em meditações. Para isso, basta segurar seu cristal pessoal, ou um cristal que você eleja ou programe somente para meditações, durante todo o tempo em que estiver meditando. 
Para este fim específico, a ametista é um cristal altamente energético. 
Quando for a reuniões de oração e meditação coletiva, leve sempre seu cristal de meditação ou cristal pessoal. 
Também em cursos e workshops, mesmo que o assunto não seja especificamente a respeito de cristais, você deve levar consigo pelo menos seu cristal pessoal.
No caso de meditações em que você prefira estar deitado, a melhor posição para o cristal é no centro da testa, entre as sobrancelhas, com a ponta dirigida para o alto da cabeça.
Antes de qualquer trabalho com cristais, procure limpar o ambiente acendendo um incenso e, se for agradável para você, coloque uma música suave.


É imprescindível mentalizar a luz branca cercando todo o seu corpo e invocar a ajuda de seus guias espirituais, anjos, mestres e protetores. 
 Agindo assim, você estará seguro e protegido para a realização de qualquer trabalho espiritual. 
Lembre-se que os cristais agem como antenas, e sem a devida sintonia você pode estar sujeito a interferências indesejáveis.


Métodos de Limpeza
Para que a energia dos cristais possa estar em pura sintonia com a sua própria energia, é necessário que se faça, de vez em quando, uma limpeza energética, principalmente antes de seu primeiro contato com os cristais e quando eles forem usados para trabalhar com outras pessoas.
Os métodos de limpeza energética mais utilizados são:


Águas naturais (cachoeiras, rios, lagos, mares): Consiste simplesmente em banhar os cristais em qualquer dessas águas, contanto que não estejam poluídas, pelo tempo que a sua intuição determinar.


Água com sal grosso: Coloque os cristais dentro de um recipiente contendo água e sal grosso. Deixe-os aí por algumas horas e, ao retirá-los, lave-os em água corrente para retirar o excesso de sal. Este método só é aconselhável para as pedras duras e transparentes; algumas pedras opacas, como a Malaquita e a Crisocola, não reagem bem com o sal, e podem perder o brilho e a cor.


Defumação: Acenda o incenso de sua preferência (sálvia, cedro, defumador. etc) e sopre bastante sobre seu cristal, defumando todas as suas faces e toda a sua área, pelo tempo que achar necessário.


Drusa (para limpeza de pedras pequenas): Coloque suas pedras sobre uma drusa (aglomerado) de Cristal de Quartzo incolor e deixe-as por bastante tempo, até achar que estão limpas e recarregadas. A drusa por si só, por conter várias pontas de cristal, é autolimpante e auto-energizante.


Sopro: Mentalize luz branca, ou violeta, e sopre sobre seu cristal, com a clara intenção de limpá-lo e de tirar dele toda energia negativa. Inspire luz branca e/ou violeta e expire pela boca sobre o cristal.


Chuva: Deixe seu cristal sob chuva forte. É um ótimo método de limpeza.


Selenita: O método mais prático, eficiente e rápido para limpar Energèticamente qualquer tipo de cristais ou pedras, é usar um bastão natural de Selenita (ou Gipsita). 
Para isto, coloque sobre uma superfície lisa, um bastão de Selenita e na frente deste um Cristal de Quartzo, cuja ponta deve estar direcionada para todas as pedras que estejam necessitando de limpeza (qualquer tamanho e quantidade). 
Deixe as pedras nessa posição por cerca de trinta segundos, e elas já estarão todas limpas e energizadas simultaneamente. 
Este tipo de limpeza serve também para qualquer objeto e para ambientes.


Programação
Normalmente, basta o uso da intenção clara para programar um cristal automaticamente. Contudo, para quem necessita de uma técnica para ter mais segurança, aconselhamos o seguinte procedimento:
1. Segure o cristal entre os dedos (mão direita) apontando-o para o terceiro olho (entre as sobrancelhas);


2. Diga mentalmente ao cristal qual é a sua função;


3. Reforce a programação do cristal durante sete dias, dizendo: "Este é o meu cristal para......"


4. Deixe que sua presença interior o guie, e ao utilizar seu cristal com amor e sabedoria você vai 
descobrir maravilhas. Programe seu cristal com um propósito claro, objetivo e simples. Para reprogramá-lo, limpe-o por um dos métodos já citados, e depois repita o procedimento acima com uma nova programação.


Dicas
Durante os cursos que realizamos regularmente sobre os cristais, surgem algumas dúvidas a respeito das diversas aplicações das pedras. 
Vamos relacionar a seguir algumas dicas que respondem às perguntas mais freqüentes.


1. Quando seu cristal quebrar em vários pedaços, junte esses pedaços e coloque num jardim ou vaso de plantas. Se acontecer apenas uma lasca ou pequena fratura, não dê importância, continue a usá-lo da mesma maneira. Muitas vezes as pedras se quebram ou desmancham, e quando isso acontece é porque receberam uma carga de energia que talvez estivesse dirigida a você, e se sacrificaram em seu benefício. Isto geralmente acontece com as Malaquitas e as Turmalinas Pretas.


2. Se um Cristal Biterminado se quebrar no meio quando você estiver na presença de outra pessoa, guarde uma das pontas e dê a outra a essa pessoa. Quando acontece este fato é porque o relacionamento entre os dois está necessitando de alguma clareza ou equilíbrio.


3. Considere seus cristais e suas pedras como extensões de seu próprio ser. Se tiver alguma dúvida a respeito de quanto tempo deixá-los numa limpeza ou energização, ou qual o melhor método para isso, pense no que seria bom para você e faça o mesmo com eles. Por exemplo, se você tiver mais afinidade com incensos orientais, estes serão os melhores para limpar as suas pedras. Se sua afinidade forem os incensos ligados ao Xamanismo, como sálvia, cedro e artemísia, o mesmo vale para suas pedras, e assim por diante.


4. Nunca coloque peixes ou plantas num aquário de pedras destinado a limpeza de ambientes, pois eles não sobreviverão. Se você tiver um aquário ornamental, com peixes e plantas, pode colocar alguns cristais para energizar os peixes e plantas, mas neste caso a intenção clara do aquário não é para limpeza de ambientes.


5. Quando fizer algum tipo de trabalho com as pedras para enviar energia de cura à distância, lembre-se sempre de pedir permissão, em meditação, ao Eu Superior da pessoa a quem quer enviar essa energia, para não desrespeitar o livre arbítrio da pessoa. Depois de pedir a permissão, você terá a sensação exata se deve ou não proceder com o trabalho.


6. Se tiver cachorros como animais de estimação, não coloque pequenas pontas de Cristal de Quartzo para eles, pois têm o hábito de comer as pedras, e se estas tiverem pontas, podem feri-los interiormente. Dê preferência, neste caso, a pequenas peças roladas, pois estas podem ser engolidas sem prejudicar os animais. Quanto a outros animais, como gatos, não precisa se preocupar, pois estes não comem as pedras.


7. Cristais e pedras preciosas podem e devem ser aplicados em conjunto com outras técnicas de utilização de energias, como Radiestesia e Radiônica, Reiki, Massagens, Cerimônias Xamânicas, etc.


8. Não se atenha a nenhuma regra se sua intuição determinar algo diferente, Os cristais e pedras ampliam a intuição e você deve confiar nela. Se achar que precisa aplicar uma pedra num chakra diferente do costumeiro, pode fazê-lo sem medo de errar.


9. Dê sempre preferência a pedras em seu estado bruto, ou simplesmente polidas ou roladas. Pedras lapidadas podem conter o que é chamado de energia de forma, que dá mais força à forma que à própria energia da pedra. Somente as lapidações curvas, como esferas, ovos ou cabochões, não prejudicam a força energética das pedras.

Nenhum comentário: